quinta-feira, 18 de março de 2010

Globofobia – Uma mera desculpa para omissão.

Eu não sou globofóbico. Fico muito estressado quando recebo aqueles spans de crentes que só sabem jogar a culpa de todo mal moral da nossa querida sociedade brasileira em cima da rede Globo. Não vi ainda nenhum crente repudiar a Record por apresentar as mesmas coisas que a Globo apresenta – homossexualismo, adultério, relativização das relações e toda sorte de males que só se enxerga na Globo.

Também não sou defensor da referida rede de televisão. Não é preciso muito esforço intelectual para perceber o quanto ela trabalha para influenciar nossa sociedade.

Não é só no BBB que há apologias explícitas ao homossexualismo. A Globo este pegando mais pesado e indo ainda mais baixo. A apologia ao homossexualismo chegou à Malhação. Isso mesmo. Nossos adolescentes, e mesmo pré-adolescentes, estão sendo bombardeados com o dilema de um garoto que está se descobrindo homossexual. A trama é muito sutil e leva o adolescente a se identificar com o sujeito, sentir pena dele e até mesmo defender que seu homossexualismo não é nada de mais. Ele deve se assumir. Ele é normal. É apenas uma opção sexual.

Não me assusta a Globo fazer isso. É pra isso mesmo que ela está aí. O que fazer então? Proibir nossos filhos de assistirem televisão? Deus sabe como eu gostaria de quebrar a minha lá em casa!... Mas creio profundamente que não isso que se deve fazer.

O problema moral que tem moído a juventude de nossas igrejas não é culpa da Globo. É culpa dos pais. Os pais cristãos estão cada dia mais omissos. Pais que não sabem orientar seus filhos. Não estou falando de falar mal da televisão. Estou falando de pais que não tiram mais tempo pra ensinar as Escrituras a seus filhos em casa. Pior ainda é a quantidade de pais que não vive as Escrituras nem em casa e nem na rua.

O problema não é a Globo. O problema é o compromisso cristão de educação de filhos que foi “pras cucuias” (do mineirês: foi para o espaço). Por isso tenho verdadeira ojeriza desses spans de pretensos crentes espirituais que só sabem criticar a televisão e fecham os olhos quanto à educação cristã no lar. Pais que estão entregando a educação de seus filhos à igreja como se fosse dela a obrigação de manter-lhes puros. Pais que não entendem o que de fato significa Provérbios 22.6.

Salomão orienta ensinar a criança NO caminho e não O caminho que se deve andar. Isso implica em pegar nossos filhos pela mão e levá-los conosco no caminho. É colocá-los ao nosso lado e mostrar com a própria vida o que de fato é ser cristão. Ensinar a Palavra de Deus com palavras e com vida, dia-a-dia, o tempo todo.

Repito: não sou defensor da Globo. Mas não posso ver os crentes se afastando cada dia mais do evangelho e jogando a culpa disso no diabo. Essa é a função dele. A nossa é “resistir-lhe firmes na fé”. E devemos fazer isso amando e ensinando a Palavra de Deus a nossos filhos para que possam por si mesmos se defenderem do mundo mal em que estamos vivendo.

Marcelo Batista Dias

9 comentários:

fred menks disse...

A globo leva a culpa de tudo por ser a referência maior de influência social, mas mesmo esse fato não deve causar a generalização. É fácil transferir a culpa de seus próprios erros, como você disse os pais devem exercer sua função de indicar NO caminho.
Parabéns Marcelo, como sempre mostrando a verdade como ela é.

Marcelo Batista Dias disse...

Valeu Fred,

Temos q parar com essa mania de Adão.
"É culpa da Eva Senhor!"
"Minha!! É culpa da serpente!!!"
"É culpa Globo, do diabo, do pica-pau... e vai por aí.

Deus t abençoe meu querido.
Abrçs.

Marcelo

Alan Julio disse...

Concordo. Nós como pais de cristãos temos negligenciado o pastoreio do coração de nossos filhos. É sem dúvida um desafio imenso nesses tempos de vale-tudo moral. Precisamos como pais cristãos tirar Dt 6:7 do papel.

Clenio Daniel disse...

Estou de acordo com o que você escreveu. Na verdade, se os PAIS CRISTÃOS se preocupassem em educar seus filhos "na doutrina e na admoestação do Senhor" (Ef 5.2-4), não veríamos nossos adolescentes e pré-adolescentes mutilados por essas má infuências que levam a perdição. Deus lhe abençoe nobre amigo pela mensagem; parabéns!!!

Marcelo Batista Dias disse...

Alan Julio e Clênio Daniel,

Muito obrigado pela presença de vocês aqui no Eclésia.

De fato é um grande desafio. Mas graças a Deus que nos dá a sua graça. Basta-nos submetermos à ela.
Deus lhes abençoe.

Marcelo.

Giovani Mariani disse...

Eis um blogueiro sensato!
Que Deus continue assim iluminando o teu entendimento!

www.sementedarenovacao.com

Marcelo Batista Dias disse...

Caro Giovani,

Muito obrigado por seu garboso comentário.

Q Deus te abençoe tb.
Abrç.

Marcelo

Maicon disse...

òtima visão.
Concordo plenamente!

Vamos divulgar os nossos blogs!

Vou colocar um link do meu para o seu e espero que coloque um do meu aqui tbm!

Abraço

Maicon.


http://cristianismopensante.wordpress.com/

Marcelo Batista Dias disse...

Ô Maicon é pra já!
Valeu pela presença.
Abrçs.
Marcelo

Bíblia On Line