quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

O Outro Lado do Natal

É preciso que todos nós entendamos o que se passa nesta época.
Vemos declarações de alegria e votos de felicidades fundados no princípio do Natal.
Jesus nasceu! Que alegria! Comamos! Bebamos! Compremos! Compremos! Compremos!
Mas será que há de fato tanto com que se alegrar?
Será que há de fato tanta razão de se festejar?
Não sou pessimista, legalista ou tradicionalista.
Sou reformado e por isso mesmo sou realista.
A realidade do Natal é uma realidade de alegria sim. 
Mas tal alegria não pode ser jamais desvencilhada da tristeza real que motivou o Deus vivo e verdadeiro a se encarnar e vir a este mundo, numa atitude de humilhação tal que, nenhum de nós, por mais destratados que sejamos seremos capazes de viver.
Me dê 35 minutos dos seu tempo.
Aiás não! Se dê 35 minutos do seu tempo e assista a esta exposição da Palavra de Deus feita pelo Rev. Heber Campos sobre o outro lado do Natal.
O outro lado, que as luzes dos piscas-piscas e das lojas dos shoppings nos impedem ver.

Marcelo Batista Dias



O Outro Lado do Natal from IPP on Vimeo.

Um comentário:

Antonio Batalha disse...

Venho deseja-lhe um Feliz Natal, ver o que está a escrever, e ao mesmo tempo fazer-lhe um convite, para fazer parte dos meus amigos na Verdade que Liberta. Fica a paz de Jesus e um abraço de amigo e irmão Antonio Batalha.

Bíblia On Line